JESUS X EU MESMO – Pra que lado a árvore cai?

Imagem

Pra que lado a árvore cai?

“É impressão minha, ou o semáforo só para na minha vez?!”
“Eu estou vendo demais, ou o caixa do banco demora de propósito quando me vê?!”
“Logo hoje eu não trouxe guarda-chuva e o tempo resolve mudar…”
“Argh! Tem coisas que só acontecem comigo mesmo… está olhando o que?”

Nossa reação pra cada uma dessas situações e muitas outras são sempre a mesma. Pra alguns a ira é acionada nestes momento. Pra outros o que é acionado é a murmuração/reclamação. Pra outros ainda a velha “cara feia” e a hostilidade tomam conta do resto do dia e as pessoas a nossa volta, no trabalho e/ou em casa, sempre pagam o preço.

As vezes, a impressão de que parece que não dá nada certo com a gente, ronda os pensamentos e passamos a viver apáticos, sem expectativa do novo em toda e qualquer situação.

O mais fácil é sempre tentar achar um culpado! Afinal, “alguém precisa ser o responsável por tudo isso que me acontece!”, é o que dizemos. E as vezes dizemos isso sem precisar usar palavras…

Mas achar culpados é a atitude dos fracos e sem personalidade.

Uma vez que decido olhar pra mim e me auto-avaliar, descubro que a decisão de ficar irado foi eu mesmo quem tomou. Percebo que fui eu quem decidiu reclamar e ficar “emburrado”.

Começo a entender que há coisas que eu realmente não posso mudar, mas são as minhas inclinações naturais que geralmente falam mais alto. Elas geralmente me impedem de crescer, pois acabo dando voltas no mesmo ponto.

O texto de Tiago 1.14 diz que pelas nossas inclinações é que nós somos tentados…

Ou seja, se somos tentados durante o dia e sempre pendemos para o lado da ignorância, grosseria e maledicência, é por causa da minha própria inclinação natural. Se sou tentado a cair nos mesmos pecados diariamente ou quando menos espero, é por causa da minha disposição para este pecado.

É assim que acontece com a árvore. Pra que lado a arvore cai? Ela cai para o lado em que ela se inclina.

Porém, mesmo tendo inclinações erradas e que geralmente não nos orgulhamos nem mesmo de lembrar, ainda há alguém que é INCOMPARÁVELMENTE SUPERIOR às minhas inclinações.

Mesmo que eu sinta que não consigo fazer por mim mesmo, há alguém, chamado JESUS, que tem poder suficiente para mudar minhas motivações e também minhas inclinações. Para ele não há nada difícil demais.

O que eu preciso fazer é me inclinar cada vez mais para a sua vontade. É decidir diariamente inclinar os meus ouvidos para ouvir o que Ele tem e quer de mim neste novo dia.

Pensamento do dia:
Para que lado a arvore cai? A árvore cai, para o lado em que ela se inclina!

Versículo do dia:
“Cada um, porém, é tentado pela sua própria cobiça…” Tiago 1.14

Diogo Andrade
Um jovem em recuperação 

Anúncios
Publicado em Blog CR - Jovem, Devocional, jovens celebrando sua recuperação | Deixe um comentário

Oração da Serenidade

Deus, conceda-me a serenidade
Para aceitar as coisas que não posso mudar,
A coragem para mudar as coisas que posso
E a sabedoria para distinguir uma da outra;
Vivendo um dia de cada vez,
Apreciando um momento de cada vez,
Recebendo as dificuldade
Como um caminho para o meu crescimento pessoal,
Aceitando como Jesus o fez,
Este mundo pecaminoso como ele é,
E não como gostaria que fosse;
Confiando que o Senhor fará tudo dar certo
Se eu me entregar á Sua vontade;
Pois assim poderei ser feliz nesta vida
E supremamente feliz ao Seu lado na eternidade.

Amém!

| Deixe um comentário

FILHO!

E tu, sê uma benção! Gn 12.2c

Quem sou eu?
Talvez um estudante de tempo integral, que em meio às poucas horas do dia que me resta, busco um amigo pra trocar experiências…

Talvez uma dona de casa, que com tantos afazeres, gostaria de parar tudo e ficar em silêncio por alguns momentos…

Talvez um executivo, cercado por números, cobranças, metas etc., tentando fazer dar certo aquilo em que tenho investido a minha vida…

Talvez um pai, tentando ser o melhor que posso para os filhos, mas que me perco em meio ao caminho e preciso de um pouco de descanso…

Talvez um filho, que tento entender meus pais, e que não me sinto compreendido ou amado de verdade…

Posso ser um egoísta, um mal-humorado, um ex-viciado, um dependente químico, um desconfiado, um injustiçado…

Alguém sem esperança ou descontente com a vida.

Talvez, apenas confuso e sem direção…
…uma pessoa totalmente insegura, buscando muletas em pessoas e lugares, que possam suprir uma carência, mesmo que momentaneamente!

O fato é: – Cada um de nós é ou foi;
Sente ou sentiu;
Desempenha ou desempenhou um ou outro papel dos que mencionei.

Às vezes, vários desses papéis.

E em meio ao desempenho, esquecemo-nos de quem realmente somos. Eu, por exemplo, sou alguém que tem buscado viver da melhor maneira que posso. Mesmo com os pés e joelhos vacilando.

Mesmo não fazendo todas as escolhas corretas. Mesmo tentando tomar o controle em certos momentos…
… E descobrindo em cada um desses momentos que é ilusão ter o controle.

Mas, ainda assim,
…sei que os papéis que desempenho não são tudo o que eu sou de verdade. Tudo o que sou, começa e termina no relacionamento que tenho com o ABA.

Eu sou o Seu filho amado…
Por meio de Jesus tenho uma nova filiação!

Ser filho é tudo o que eu realmente sou!
Mesmo que eu falhe em todos os outros papéis que eu desempenhe, nada pode mudar a minha filiação!

Eu sou filho de ABA!
E isso é realmente tudo o que sou!

“Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus.” 
João 1.12

Diogo Andrade
Um jovem em recuperação! 

Publicado em Blog CR - Jovem, Devocional, jovens celebrando sua recuperação, Testemunho | 1 Comentário

Pois Ele tem sido Fiel!

 

“Aquele que permanece em mim e eu nele, produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15.5b

 

Em meio ao corre-corre da vida, com tanta coisa pra fazer, com tantos planos e desejos a realizar, decidi viver para mim mesmo, acomodado num lugar que construí para a realização dos meus prazeres, interesses e ansiedades.

De certa maneira, me sinto bem, tendo o controle da minha vida.

Até que Deus, em Sua soberania, permite que as coisas comecem a fugir do meu controle por meio da dor, da impotência, da incapacidade, da frustração, nos relacionamentos. Me fazendo reconhecer que todo o trabalho que penso pertencer a mim pertence a Ele na verdade.

Nesses momentos e situações e com muitas lágrimas embaçando o olhar é que me volto pr’Aquele que é a razão de estar aqui.

Nesse processo de angústia e ansiedade, descobrindo que não consigo controlar minha vida, sou levado a depender d’Ele. Reconhecendo que de fato, que sem Ele nada posso fazer.

Decidi então, certa vez me entregar a Deus. Mesmo com toda aquela ansiedade dentro de mim.

Aprendi que devo me voltar à Ele e posso me esconder a sombra das Suas asas porque alí, e só alí encontro um lugar de descanso, cura e restauração pra minha alma.

Confesso que diariamente tenho que pedir a Ele a força pra recomeçar o novo dia.

Pois é difícil abrir mão do que há dentro de mim.

Tem sido difícil abrir mão daquilo que posso fazer e conquistar pela força do meu braço, ou pelo menos creio que posso.

Mas, mesmo assim tenho prosseguido.

Num desses momentos de entrega enquanto orava pedindo a Deus que me desse um incentivo pra continuar nesse processo de dependência, Ele me lembrou que o combustível para tudo isso é a oração. E que tudo é possível, enquanto gasto tempo junto d’Ele, no lugar secreto, ali a sós com o Senhor…

Isso tem incendiado o meu coração com o desejo de comer do alimento que vem d’Ele, a beber  da água que Ele me dá.

Posso voltar ao jardim onde me encontro com Ele, diariamente, antes da viração do dia.

Experimentar mais de Jesus neste processo, tem sido fundamental.

Realmente não é fácil deixá-Lo controlar todas as áreas da minha vida mas tenho conseguido, a medida que O conheço e aprendo a confiar n’Ele.

Mesmo sendo um homem de carne e osso, acredito que posso tirar 10 nesse exercício diário.

Vejo que isso está me trazendo crescimento, amadurecimento, liberdade e intimidade com Deus…

E, até aqui está valendo a pena. Pois Ele tem sido fiel!

Obrigado Senhor!

Leandro Henrique
Um Jovem em Recuperação

Publicado em Testemunho | 1 Comentário

Mexa, até chegar no ponto!

Gosto muito de bolo de cenoura com cobertura de chocolate, é o meu preferido. A cobertura penetrando no bolo e dando aquele gostinho delicioso, a casa com cheiro de “lar”, adoro!

Mas eu não tenho muita paciência de mexer a cobertura sem parar. Sempre faço a mesma coisa: começo mexendo, canso de esperar, quero fazer outra coisa pra ganhar tempo, como lavar a louça e quando volto pra panela vejo que está querendo grudar. Então, continuo mexendo e decido permanecer ali até a cobertura atingir o ponto.

Fazendo esta cobertura me lembrei do meu inventário. Eu já fiz com meu inventário exatamente a mesma coisa.

Começo com tudo em mente e vou mexendo, mas às vezes cansa, parece que não vai surtir efeito mexer, não acontece nada, quero fazer outra coisa (ou fugir), mas vejo que algo está grudando e se eu deixar como está vai queimar e estragar o resultado final.

Quando eu aceito que preciso ir até o fim, sabendo que no final vai valer a pena, vejo o inventário chegando ao ponto, e me delicio. Logo chamo outros para participarem da alegria de ter decidido mexer até o fim.

Feliz eu corto uma fatia, e te ofereço um pedaço da minha vida, partilhando a minha recuperação, que tem no ar, o aroma suave da doce presença de Jesus.

Sabrina L. Kasczeszen de Oliveira
Uma jovem em recuperação

>> O 4º Passo diz: Fizemos um minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.
“Examinemos seriamente o que temos feito e voltemos para o Senhor.” Lamentações 3.40 NTLH

Publicado em Devocional, jovens celebrando sua recuperação, Testemunho | 1 Comentário

A assinatura

… para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Isaías 61.2b,3

Dia após dia, tenho tomado consciência da minha limitação.
Ao olhar pra dentro de mim,vejo terrenos que ainda não foram conquistados.
Quando os vejo, fico em estado de paralisia…
… como se não tivesse direitos sobre eles.

Eles me deixam de mãos atadas.
Não sei ao certo o que fazer.
Eles precisam da minha assinatura,
… ou algo que garanta meu direito.

Mas não adianta dizer coisa alguma.
Eles não possuem uma assinatura com o meu nome.

Para estes terrenos, preciso de uma assinatura maior que a minha.
Eles precisam da assinatura de Jesus.
Preciso dela, se quero ter direito sobre eles.

Com essa assinatura, eu posso todas as coisas.
Ela me garante o direito sobre os terrenos que ainda não conquistei.

Essa assinatura é a CRUZ!

Além desse direito, a Cruz traz também um preço:
A necessidade de morte, choro e dor.

Deus quer me dar esse direito sobre eles.
Mas pra isso preciso tomar a minha Cruz.
Mesmo que seja em meio a dor, choro e morte.
Morte, de coisas que eu nem sei ao certo;
O choro, pelo reconhecimento da minha incapacidade;
E dor, por aceitar o que não posso mudar.

O resultado da assinatura de Jesus,
É saber que uma vez morto, nada mais tem poder sobre mim,
tampouco, sobre os terrenos assinados com a Sua Cruz!

Diogo Andrade
Um jovem em recuperação

Publicado em Blog CR - Jovem, Devocional, jovens celebrando sua recuperação, Testemunho | 2 Comentários

Para Aqueles Que Esperam

Música (Original): For Those Who Wait

Banda: Fireflight

Esta música, embora não seja o estilo musical de todo mundo, tem uma letra muito bacana.

Tradução (Letra): Para Aqueles Que Esperam

Isto é para aqueles que esperam…
Outro dia outra espera de encontro
Um pouco diferente, mas ainda é a mesma
Estou aqui, mas cadê o que eu procuro?
Estou tendo problemas me sentindo sozinho
Quando meu coração encontrar um lar
Eu quero a esperança, mas às vezes eu apenas não sei
Eu sei que não sou o único
_
(Refrão)
Então você canta uma canção de ninar
Para os corações solitários hoje á noite
Deixe-a adornar o seu coração com chamas
Deixe-a te libertar
Quando você está lutando para acreditar em um amor que você não pode ver
Só sei que há um propósito
Para aqueles que esperam
_
Eu quero abrir meus olhos
Eu sei que eu preciso é tempo
Estou ficando mais forte a cada dia
Deus, eu vou levá-los a você agora
Deixar ir todos os meus temores e dúvidas
Eu não posso fazer isso sozinho
Então eu vou Te dar o controle
Eu sei que não sou o único
_
(Refrão)
_
A pressão nos deixa mais fortes
A luta nos deixa famintos
As duras lições fazem a diferença
A pressão nos deixa mais fortes
A luta nos deixa famintos
As duras lições fazem a diferença
E a diferença que faz valer a pena
_
(Refrão)
_
Adorne o seu coração com chamas
Isto é para aqueles que esperam
Publicado em Vídeo | 1 Comentário